Sarampo, o que fazer diante da doença que assola diversos estados brasileiros.

Entendendo um pouco mais sobre os sintomas, causas e tratamentos para o sarampo.

Histórico

É certo que diversos veículos de comunicação tem nos alertados contra ao surto de sarampo que vem assustando milhões de famílias em todo território nacional, mas esse surto com certeza não foi o primeiro a alarmar nossa população.

[su_expand more_text=”Mostrar matéria completa” less_text=”Mostrar menos” link_style=”button” more_icon=”icon: plus” less_icon=”icon: minus”]

Em 1968 o sarampo foi oficialmente declarado como uma doença de notificação compulsória nacional, onde ocorriam epidemias em cada 2 a 3 anos, principalmente em crianças menores de 1 ano de idade, sendo um dos maiores motivos de mortalidade da época.

Ainda na década de 60 foi introduzida no Brasil a vacina contra o sarampo.

5 anos após o surgimento do sarampo e suas consequências, foi criado a PNI (Programa Nacional de Imunização), onde tinha por objetivo analisar e organizar um sistema de imunização eficiente, iniciando a vacinação nos centros urbano e se expandindo para as demais localidades no decorrer dos anos.

Em 1986 foi registrado o maior caso epidemia de sarampo no Brasil, tendo sido contabilizado 129.942 infectados, sendo necessário a realização de campanhas de vacinação em massa na tentativa de conter a doença.

O Brasil então passou a tratar a extinção do sarampo como prioridade em sua política de saúde.

Em 1992 foi criado o Plano Nacional de Eliminação do Sarampo.

Iremos abordar agora pontos importantes que nos ajudará a entender um pouco mais sobre essa doença.

O que é sarampo

Sarampo é uma doença extremamente contagiosa causada pelo vírus Measles morbillivirus, e não se assuste, ainda é uma das maiores taxas de mortalidade infantil em países subdesenvolvidos.

Os sintomas iniciais são:

  • Febre;
  • Tosse constante;
  • Conjutivite;
  • Foto fobia.

A medida que a doença vai se agravando ela apresenta outros sintomas como:

  • Manchas vermelhas pelo corpo;
  • Prostração.

Além desses sintomas, podem surgir infecção nos ouvidos, diarreia, pneumonia e convulsões.

O quadro mais preocupante é o das crianças, onde, a pneumonia, convulsões e mortes são mais comuns.

Como a infecção acontece:

É transmitido de uma pessoa para outra, um simples espirro ou beijo já é mais do que suficiente para infectar.

Vacina contra sarampo

A rede pública e privada de saúde disponibilizam a tríplice viral e a tretavalente (vacinas contra sarampo, caxumba, rubéola e catapora) para prevenção contra o sarampo, onde sua imunização chega a 90% se tomadas as doses de maneira correta.

Campanha de vacinação contra sarampo

Devida o alta taxa de casos, esse ano está sendo realizado uma campanha de vacinação contra o sarampo para crianças entre 6 e 11 meses e 29 dias, todas as pessoas entre 15 e 29 anos e profissionais da saúde.

Quem não pode tomar vacina

  • Pessoas que já estejam com suspeita de sarampo;
  • Gestantes;
  • Menores de 6 meses de idade;
  • Pessoas com alguma infecção ativa.

Tratamento contra o sarampo

Não há um remédio específico para o sarampo, mas é possível e necessário o tratamento dos sintomas acarretados pela doença, o mais indicado seria manter uma boa hidratação, alimentação saudável, medicamentos para sintomas da febre e vômitos.

O acompanhamento de um profissional é indispensável para o êxito do tratamento, agende uma consulta com o médico do seu plano de saúde ou da rede pública, mas não deixe de procurar um especialista assim que os sintomas começarem a aparecer.

Não possuo plano de saúde e agora?

Agende o mais rápido possível sua consulta na rede pública de saúde, ou caso queira um melhor atendimento com excelentes médicos e rede credenciada, com um valor que caiba no seu bolso, a Dutra Seguros tem o plano de saúde ideal para você.

Plano de saúde empresarial ou plano de saúde familiar com até 30% de economia em comparação a pessoa física.

Hoje com CNPJ você tem condições exclusivas na hora da contratação do seu convênio médico. Solicite agora mesmo sua cotação.

[/su_expand]