Mês do Combate ao HIV

Entre 1983 e 2016, Pernambuco registrou 29.923 casos de Aids, sendo 15.484 em homens e 8.439 em mulheres. Entre 2014 e 2016, foram 3.106 casos (1990 em homens e 1.116 em mulheres).

Números que preocupam

O Brasil tem registrado, anualmente, uma média de 41,1 mil casos de Aids nos últimos cinco anos. O dado é do último Boletim Epidemiológico HIV/Aids do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids, da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, publicado anualmente com informações e análises sobre os casos de HIV/Aids no país.

“Com o uso correto e sistemático do preservativo, é possível se prevenir contra diversas doenças, entre elas a Aids, gonorreia e sífilis”, destaca o coordenadora de Enfermagem, da UNIT, Karla Romana.

“Ressaltamos que a infecção pelo HIV pode transcorrer silenciosamente, sem sintomas. Esse período silencioso pode durar, em média, 10 anos ou mais. Assim, a gente se infecta com o HIV com alguém tão saudável quanto nós mesmos. Por isso, a necessidade de ter relações sexuais com segurança, de realizar teste rápido e, se preciso, fazer o tratamento em tempo oportuno. Só assim, podemos diminuir as chances de casos de Aids”, complementa o coordenador do curso de Biomedicina, Émerson Araújo.

Dados

Entre 1983 e 2016, Pernambuco registrou 29.923 casos de Aids (quando o paciente já desenvolve os sintomas da doença), sendo 15.484 em homens e 8.439 em mulheres. Entre 2014 e 2016, foram 3.106 casos (1990 em homens e 1.116 em mulheres).

A partir de junho de 2014, o Ministério da Saúde também instituiu a notificação das pessoas apenas infectadas com HIV, que são aquelas que possuem o vírus, mas não desenvolveram a doença (AIDS). Desde julho de 2014 até 2016, já foram registradas 4.051 novas infecções, sendo 2.604 casos em homens e 1.447 em mulheres.

Blog Dutra Consultoria em Seguros e Benefícios

Sem comentários

Publicar um comentário